A DISCIPLINA DE LIBRAS DURANTE O 9° PERIODO NA UNIFACS
Estrutura de frases em Libras

Como qualquer outra língua, a Libras possui sua estrutura gramatical. Ela não é o Português Sinalizado, como muitos possam pensar, ou seja, não é a repetição de palavra por palavra da língua portuguesa.
De forma geral, no português, as frases seguem a ordem de Sujeito – Verbo – Objeto (SVO). Veja o exemplo:

Na língua de sinais podemos seguir esta mesma ordem, mas não usamos os conectivos (pronome, conjunções, preposições). A frase sinalizada ficaria assim:

GATO COMEU CARNE

Para Quadros e Karnopp (2004), a ordenação mais básica na língua de sinais também é a SVO. Porém, podemos encontrar outras ordens, dentre as quais temos: Objeto – Sujeito – Verbo (OSV) e Sujeito – Objeto – Verbo (SOV) e estas são alteradas pela presença do tópico que é “o tema do discurso que apresenta uma ênfase especial, posicionado no início da frase e seguido de comentário a respeito desse tema” (QUADROS e KARNOPP, 2004, p. 148). Esse tópico está associado a uma marca não-manual,
Exemplos:

Em Libras:
a) ELE SÃO PAULO VAI.
b) CARRO MENINO GOSTA.

Em português:
a) Ele vai para São Paulo.
b) O menino gosta de carro.

Na frase A temos a ordem SOV e na frase B temos OSV, isto significa que na frase A o tópico é o sujeito ELE e que na frase B o tópico é o objeto CARRO.
Aprendemos na aula anterior que também temos os advérbios que, normalmente, vêm no início da frase, mas que também podem vir no final (FELIPE: MONTEIRO, 2006. p. 155; QUADROS; KARNOPP, 2004. p.143).

Uma coisa muito importante, a saber, é que necessitamos interpretar a frase antes de sinalizar, pois, um grande erro que cometemos é quando fazemos o português sinalizado. Ao fazermos Português Sinalizado poderemos estar passando um sentido diferente do que pretendemos. Se, por exemplo, na frase “A menina saiu depois da chuva” traduzirmos palavra por palavra, o sentido ficará diferente do que desejamos transmitir, o surdo entenderá que a menina saiu e depois choveu, consequentemente ela poderá se molhar na chuva. Para que não haja uma confusão no entendimento da mensagem, temos que traduzi-la em libras, na qual teremos que sinalizar diferente do português, e desta forma a frase sinalizada ficará assim:

CHOVER ACABOU MENINA SAIU

Assim será entendido o sentido real da frase, que a menina só saiu depois que a chuva acabou. Portanto, esteja bem atento quando estiver mantendo diálogos com pessoas surdas.

DICA!!!
O governo de São Paulo distribui gratuitamente um dicionário de Libras em Cd-Rom. Para receber este dicionário você precisará escrever para o e-mail: libras@sp.gov.br , pedir o CD e enviar alguns dados pessoais e seu endereço. Boa Sorte!
ENSINO SUPERIOR E A UNIFACS
“Jean-Jacques Rousseau, o conhecimento de si não é um problema, é um dado: “Passando minha vida comigo, devo conhecer-me”

(apud STAROBINSKI, 1991, p.187).




Produzir e desenvolver esse memorial me mostrou a importância de resgatar e registrar minhas memórias possibilitando-me fazer um reencontro comigo e minhas origens.
Ato prazeroso coletar dados da minha vida para que não se percam com o passar dos anos registrá-los .
Analisar passagens da vida favoreceu a aprendizagem e cumpriu um papel por meio da verificação das diferenças e mudanças que ocorreram na educação, e perceber que o sistema educacional teve seu benefício e retrocesso.Cada situação cumpriu o seu papel de acordo com o contexto da época,com um olhar para o passado dos familiares protagonistas dessa história que vivenciaram.
As escolas antigamente tinham a preocupação de ensinar somente o conteúdo de cada disciplina;modelo este de escolas tradicionais,onde nós,nossos pais, avós fomos educados .Com o avanço da sociedade e das ciências , as escolas passaram a trabalhar com métodos variados para desenvolver as competências de nossas crianças.
Não há de se cogitar a idéia de que a capacidade de aprender das gerações passadas eram inferiores quando comparadas com as crianças de nossos dias,o que ocorreu é que atualmente a diferença está no modo de transmitir o conhecimento,pois no início do século XX as normas escolares eram calcadas no positivismo Cartesiano de Francis Bacon,de Comte.,Kant entre outros.O ensino era mecanizado,seco,com a Antropologia,é que aos poucos foi quebrando as barreiras da falta de interação do aluno com a escola,ou melhor,o ensino ficou mais humano e harmonioso mais efetivo,com a incorporação de uma ação pedagógica crítica e reflexiva, para promover uma educação participativa.Não existe um professor totalmente tradicional e nem tão pouco inovado há uma mesclagem com as teorias do Construtivismo,construtivismo social e do tradicionalismo.Há a necessidade de uma maior divulgação dos avanços dos métodos de ensino,da progressão da educação no nosso país. Apesar de ter estudado numa educação tradicionalista para mim foi prazerosa,o estar na escola me satisfazia e o mais importante fui ensinada a buscar o conhecimento,eu aprendi.

“Tudo acaba, mas o que está escrito continua. O que é bom, muito bom. O melhor ainda não foi escrito. O melhor está nas entrelinhas”
Clarice Lispector
MAGISTÉRIO –O DESPERTAR DE UMA PAIXÃO
“A todos os educadores que acreditam que uma outra educação é possível, mas que para isso também eles precisam modificar-se diariamente”.
Paulo freire


Sempre decidida a progredir e a atualizar-me, estudar era um sonho que ficou adormecido por alguns anos,minha prioridade eram meus filhos,mas a vontade e a persistência em adquirir mais conhecimentos cursando uma faculdade não se apagou, demonstrado que é possível aprender mesmo que já não tenha os vinte poucos anos de tempos atrás.
Em 2005 com os filhos graduados e o incentivo dos mesmos para eu concretizar minha vontade, eis que surge a oportunidade com a vinda da UNIFACS para cidade, não exitei em prestar vestibular , a aprovação foi certa,fiz com tanta convicção e ânsia de entrar no curso que saí da sala onde fiz a prova me sentindo uma universitária.
Começamos a estudar no mesmo ano,mais precisamente no dia 10 de maio e já nos primeiros momentos sentia que a união entre aprender com vocação fariam um par perfeito.

"É graça divina começar bem. Graça maior persistir na caminhada certa. Mas a graça das graças é não desistir nunca."
Dom Hélder Câmara

O inicio só não foi melhor pelo fato de ser Diretora da Escola Estadual Edgar Dourado Lima em Fedegosos distrito do município de Morro do Chapéu,ia e voltava todos os dias porque minha neta morava comigo.As dificuldades os empecilhos eram muitos mas,não suficientes para que me fizesse desistir,ou melhor, não pensei em momento algum nesta possibilidade,enfrentei,superei,persisti.
A experiência está sendo maravilhosa , e através deste curso pretendo melhorar aprofundar meus conhecimentos, para me tornar uma profissional mais competente e que contribua para o crescimento do nosso país. Meu caminho foi traçado visando novos horizontes e a cada fluxo ficava mais visível a importância da Educação e do aprendizado em nossas vidas.
Trago comigo as palavras do Mestre Paulo Freire, 1975 “... inacabado, sei que sou um ser condicionado, mas consciente do inacabamento , sei que posso ir mais além dele”, p.24.Estou aprendendo muito, porém sei que sempre terei muito a aprender.
O curso de pedagogia faz com que eu questione minha prática, “provoca” meus conceitos, incitando a realizar novos estudos de uma forma diferente, hoje tenho técnicas mais eficientes para o aluno participar da aula, valorizando a cada dia o conhecimento prévio que cada sujeito tem do cotidiano e das experiências vividas.


“[...] as ações pedagógicas em busca da construção do conhecimento devem ter o compromisso de redescobrir e valorizar as experiências por eles vivenciadas”.

Camargo


4.1. Benefícios com as melhorias na Prática Pedagógica

[...] a educação deve aspirar não só o instilar o saber mas a formar o coração, o espírito e a capacidade de julgamento. (ROUSSEAU, 1999)


A Educação no Brasil passa por momentos não satisfatórios, enfrenta uma queda nos índices de aprovação dos alunos,principalmente quando nos referimos aos da Rede Pública.
O aluno de Ensino Público sente mais o impacto do fracasso, devido ao fato dos governos adquirirem modelos utilizados em outros países,esquecendo-se de adequá-los para a nossa realidade.A aprendizagem para ser efetiva deve ser pautada na realidade da clientela,a impressão que nos passa é que estamos num laboratório pedagógico,aplicando testes para tentar descobrir o que melhor nos serve,a solução é adequar o ensino da Língua Portuguesa a grupos de alunos originários de grupos letrados e não letrados.
O Ministério de Educação disponibiliza para nós professores uma ferramenta interessante e importante,são os PCN´s( Parâmetros Curriculares Nacionais ),que contém formas e reformas educacionais no processo pedagógico docente.
Atualmente,o Construtivismo,paradigma teórico fundamentado em Piaget,vem conquistando mais profissionais da educação,trazendo à tona questionamentos referentes à maneira de ensinar e qual a função deste professor diante da abordagem teórica.
O Construtivismo,define que “o centro do processo de ensino-aprendizagem deixa de ser o professor e passa a ser o aluno,sendo o mesmo um agente ativo e participativo da construção de seu próprio conhecimento,”(Piaget,apud Rosa,200 ).
Baseando-me neste contexto de que o Construtivismo nos mostra como o aluno aprende,sendo ele o sujeito ativo,como o professor deve agir em sala de aula no papel de sujeito passivo. Ainda neste sentido, o mestre deve desempenhar um papel de reflexão, e perceber a escola como um espaço privilegiado não só para compreender o contexto da sociedade, mas também para propor mudanças, diretamente vinculadas a formulação das práticas emancipatórias.
A escola não deve trabalhar desconsiderando a subjetividade de cada aluno,porque as realidades se divergem.A minha prática pedagógica evoluiu de maneira fantástica,oferecendo-me subsídios no desenvolvimento de atividades inovadoras para serem realizadas na sala de aula como:as histórias de vida de acordo a realidade de cada educando,e,dentro deste contexto envolver aspectos variados da conjuntura(local e global):trabalho,sociedade,política,economia e outros.
Utilizando os recursos adquiridos com esta prática,usar o estímulo ao estudo e a pesquisa sobre temáticas de interesse dos grupos (etapas da vida- infância,adolescência, velhice;relações familiares,valores,sentimentos;espiritualidade,etc.).
O ensino torna-se significativo para os educandos,construindo com eles atividades que lhes oportunizem fazer diversas relações entre as áreas de conhecimento,numa perspectiva transdisciplinar,avanço no processo de letramento pela variedade de leitura e de escrita,tomando-se o texto como unidade de sentido,sempre,e,também da relevância no ato de planejar em equipe e de estudar .
Ser mestre(a),professor(a),tio(a) diferente de outras profissões, requer uma dedicação especial pela necessidade constante em estudar, de aprender, de se reinventar a cada instante,por haver mudanças, de saberes e freqüentes adaptações a novas situações contextuais.Ser professor/a pressupõe aprendizagem contínua tanto na vida pessoal quanto na profissional.Ser professor é carregar consigo o privilégio de ser o alicerce de qualquer nação,a responsabilidade de formar cidadãos.


































EDUCAR COM LIBRAS
Não tive experiências com alunos surdos em sala de aula,mas só ao estudar as aulas de LIBRAS visualizo o quanto é difícil a língua de sinais e ao mesmo tempo envolvente,nos deixa curiosos,prendendo nossa atenção nos gestos,nos instigando a tentar entender e querer fazer os gestos.Um diálogo simples é complexo, ministrar aulas acredito que seja muito mais,ensinar para ouvintes necessita estudos,mas para uma sala bilíngüe a responsabilidade e os desafios são bem maiores.
No nosso Município não há professores capacitados para esta nobre missão,me sentiria feliz e realizada se tivesse uma oportunidade fora da Faculdade em aprender LIBRAS,para me tornar uma mestra completa.

PROFESSORA NORMEIDE ROCHA
EDUCAR FRENTE AO USO DE LIBRAS
“Stokoe, em 1960, percebeu e comprovou que a língua de sinais atendia a todos os critérios lingüísticos de uma língua genuína, no léxico, na sintaxe e na capacidade de gerar uma quantidade infinita de sentenças.” (QUADROS; KARNOPP, 2004, p.30).

DURANTE A MINHA PASSAGEM JUNTO A UNIFACS UNIVERSIDADE DE SALVADOR TIVE A OPORTUNIDADE DE CONHECER A MAIS NOVA LÍNGUA "LIBRAS" O QUE GEROU NO PRIMEIRO MOMENTO UM DESEQUILIBRIO, MAS ATRAVÉS DAS AULAS MINISTRADAS DURANTE O CURSO CERTIFIQUEI-ME QUE O CONHECIMENTO DAS TEORIAS AJUDARIAM NAS CONQUISTAS E DE UM AMOR QUE AGORA POSSUO.

O QUE É LIBRAS?
Antigamente não havia conhecimento acerca da comunicação da pessoa surda, a língua de sinais era vista como mímicas ou gestos soltos, criando-se mitos sobre ela. Com o passar do tempo, pesquisas vêm mostrando que a língua de sinais é uma língua natural, com sua própria estrutura e pode ser comparada com qualquer língua e possui os mesmos níveis lingüísticos das línguas orais: o fonológico, o morfológico, o sintático, o semântico e o pragmático. Segundo Quadros e Karnopp (2004, p.30) “As línguas de sinais são, portanto, consideradas pela lingüística como línguas naturais ou como um sistema lingüístico legítimo e não como um problema do surdo.”
Corre-corre
Segunda-feira,sinal ded correria,pressa,trabalho,casa,filhos...
Graças a Deus não sei o que seria de mim se tivesse que ficar em casa todo o tempo...
Dois de junho..ta chegando a hora da nossa formação...

Bom dia a todos!!!!
Que domingo frio....ótimo para ficar em casa com a família...

Terminar os trabalhos da facul...e assistir tv...

Bom Dia!!!
Estou aqui na correria do dia-a-dia...mas sempre com um tempinho pra vim blogar....

Estou adorando a idéia de ter um diário eletrônico...Meu Deus...são os tempos modernos...

eu tive sim,um caderninho de confidências(rsrsrsrs),e agora,no computador pra todos verem...

Beijos colegas S2
Mensagem de estímulo
SONHE
"Sonhe com as
estrelas, apenas sonhe,
elas só podem brilhar no céu.

Não tente deter o vento,
ele precisa correr por toda parte,
ele tem pressa de chegar, sabe-se lá aonde.

As lágrimas?
Não as seque,
elas precisam correr na minha,
na sua, em todas as faces.

O sorriso!
Esse, você deve segurar,
não o deixe ir embora, agarre-o!

Persiga um sonho,
mas, não o deixe viver sozinho.

Alimente a sua alma com amor,
cure as suas feridas com carinho.

Descubra-se todos os dias,
deixe-se levar pelas vontades,
mas, não enlouqueça por elas.

Abasteça seu coração de fé,
não a perca nunca.

Alague seu coração de esperanças,
mas, não deixe que ele se afogue nelas.

Se achar que precisa voltar, volte!
Se perceber que precisa seguir, siga!
Se estiver tudo errado, comece novamente.
Se estiver tudo certo, continue.
Se sentir saudades, mate-as.
Se perder um amor, não se perca!
Se o achar, segure-o!

Circunda-se de rosas, ama, bebe e cala.
O mais é nada".
Fernando Pessoa
[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]



Meu Perfil
BRASIL, Nordeste, MORRO DO CHAPEU, Mulher, de 56 a 65 anos, Portuguese, Livros, Música
MSN -

 
Visitante número: